Passeios

Vila de Mutá com degustação de cerveja artesanal

Percurso de 40 milhas náuticas pelo canal de Itaparica até a vila de Mutá.

Saindo da Bahia Marina, pode-se observar o perfil de Salvador, desde o Farol da Barra, o Forte de Santa Maria, o Forte de São Diogo, os edifícios do Corredor da Vitória e,  junto ao mar, o Yacht Clube da Bahia.  Em  seguida ao Porto de Salvador, passando pelo Forte de São Marcelo, de arquitetura única por sua forma redonda, chegamos a península de Itapagipe onde se encontra a Igreja do Bonfim, o Monte Serrat com o  antigo forte e, junto ao mar, uma graciosa  igreja do século XVII e o pequeno farol na ponta de Humaitá.  Uma milha após, vê-se a entrada da Enseada dos Tainheiros com vários clubes náuticos.  A partir daí, navegando pelo centro da Baia de Todos os Santos, em águas profundas e seguras e de onde pode se observar todo o Recôncavo avistamos, as Ilhas de Maré e do Frade e  por bombordo, quase toda extensão da Ilha de Itaparica. Com um pouco de sorte, pode-se encontrar os golfinhos do Paraguaçu, indo ou vindo de suas pescarias. Prosseguindo, nossa rota irá contornar a praia da Ponta de Areia e o Forte de São Lourenço, na Ilha de Itaparica e tomamos o rumo da Ilha do Cal. Navegando pelo esplendido canal que separa a ilha do continente, atravessaremos uma região denominada “Costa Oeste” passando pela Ilha de Saraíba, a Ilha do Cal até a pequena vila de Mutá, nosso destino,  dando uma esticada até Tororó, onde existe uma pequena fonte de água doce, na ilha de Matarandiba.  Retornando a Mutá, tiraremos um bom tempo para um delicioso banho de mar e em seguida iremos para a Cervejaria onde, além de degustar diversos tipos de cerveja, teremos nosso almoço sob a competente batuta do chef Edinho e então, estaremos prontos para nosso roteiro de regresso a Salvador.